sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Importância do Livro dos Médiuns

 Casa Espírita Missionários da Luz

Juventude:  > 13 anos                                   25/09/2020

Estudo virtual no Google Meet

 Tema: Importância do Livro dos Médiuns

 Objetivo:

  • Identificar a importância do estudo do Livro dos Médiuns, para que possamos identificar se as comunicações espirituais são do bem ou do mal, e reconhecer os benefícios que podemos obter dessas comunicações.

Bibliografia:

Livros dos Médiuns, Cap. VI – Das Manifestações Visuais, item 100, pergs 10ª, 11ª, 25ª e 26ª;

cap. XVII  - Da Formação dos Médiuns, item 217, item 220 – pergs 12ª , 13ª e 14ª;

Cap. XX - Influência Moral do Médium, item 226 - pergs 2ª, 3ª e 5ª, e itens 227 e 230;

Cap. XXI – Da Influência do Meio, item 232;

Cap. XXIII – Da Obsessão, item 254, 5ª perg; cap. XXV – Das Evocações, item 279;

cap. XXVI, Perguntas que se podem fazer aos Espíritos, item 289, pergs 7 à 11. 

Material:

Pedir antecipadamente que o grupo tenha em mãos O Livro dos Médiuns. 

Desenvolvimento:

1.            Hora da novidade, exercícios de respiração profunda e prece de início do encontro.

 

2.      Motivação ao tema: (jogar no chat da sala virtual) 

De quem é a frase:

Melhor é repelir dez verdades do que admitir uma única falsidade, uma só teoria errônea.” (Livros dos Médiuns, Cap. XX, item 230)

Resposta: Erasto, no capítulo do LM da Influência Moral do Médium.

èo que Erasto quis dizer a Kardec com essa frase?

 

Efetivamente, sobre essa teoria poderíeis edificar um sistema completo, que desmoronaria ao primeiro sopro da verdade, como um monumento edificado sobre areia movediça, ao passo que, se rejeitardes hoje algumas verdades, porque não vos são demonstradas clara e logicamente, mais tarde um fato brutal, ou uma demonstração irrefutável virá afirmar-vos a sua autenticidade. (Livros dos Médiuns, Cap. XX, item 230)

 

èvemos o cuidado que Kardec teve, ao colocar as orientações no LM, e em toda a codificação, para evitar que uma informação falsa pudesse ser tomada como verdadeira, colocando todo o Espiritismo em dúvida.

 

3.            Desenvolvimento do tema 

A proposta hoje, é a divisão em duplas, para que cada dupla pesquise a resposta a uma pergunta, no LM.

Cada dupla deve apresentar na sala do estudo, suas conclusões, informando onde encontrou a resposta no LM. 

Perguntas:

i.              Na casa de uma amiga, tem uma médium que recebe comunicações dos Espíritos em casa mesmo. Ela me convidou para ir lá conversar com os Espíritos. Estou em dúvida. Será que devo ir?

Ver LM, Cap. XX – Influência Moral do Médium, item 226- 5ª perg, e item 227; cap. XVII  - Da Formação dos Médiuns, item 217.

Resp. Porque você iria lá? É para isso que serva a mediunidade? O médium é um instrumento para a transmissão da mensagem dos Espíritos, mas sob o aspecto moral, exerce muita influência sobre a comunicação. E a mediunidade foi concedida aos encarnados, para trabalho no bem, em reuniões sérias. Não é para curiosidades.

 

ii.             A Casa Espírita que minha prima frequenta, está fazendo um tratamento de desobsessão pois ela está tendo visões assustadoras, ouve vozes, e diversas vezes tem pesadelos acordando super assustada. Porque esse Espírito que a está perseguindo não é tratado no plano espiritual mesmo?

Ver LM. Cap. XXIII – Da Obsessão, item 254, 5ª perg; cap. XXV – Das Evocações, item 279.

Resp. Muitas vezes isso acontece sim. Porém, esse trabalho também é bastante eficaz nas Casas Espíritas. É uma oportunidade de trabalho para a equipe mediúnica e também um grande aprendizado.

 

iii.            De vez em quando, alguns médiuns aparecem nas mídias, datando acontecimentos futuros que foram previstos por Espíritos que se comunicaram com eles. Isso é possível?

Ver LM, cap. XXVI, Perguntas que se podem fazer aos Espíritos, item 289, pergs 7 à 11.

Resp. Possível é, mas dificilmente acontece. Advinhação é coisa de Espíritos volúveis.

 

iv.           Tenho amigos que são bem volúveis e só pensam em se divertir. Estão sempre se reunindo para festinhas e vivem me convidando. Teria algum problema espiritual se eu começar a ir nesses encontros deles?

Ver LM, cap. XXI – Da Influência do Meio, item 232.

Resp. Não podemos esquecer o ambiente espiritual dos locais onde só se reúnem pessoas volúveis. Nem sempre conseguimos entrar na lama sem nos sujarmos!

 

v.             Às vezes eu vejo Espíritos dentro de casa e isso me deixa muito assustado. O que fazer para eles não aparecerem? Porque só eu vejo e os outros não?

Ver LM, Cap. VI – Das Manifestações Visuais, item 100, pergs 10ª, 11ª, 25ª e 26ª.

Resp.: Não é preciso se assustar pois os Espíritos não podem nos causar mal. Só o susto mesmo! Quando isso acontecer, converse com ele para saber o que ele quer. Os outros não conseguem ver, pois esse é um tipo de mediunidade e nem todos tem.

 

vi.           Tenho mediunidade, mas não queria ter. O que devo fazer?

Ver LM, Cap. XVII – Da Formação dos Médiuns, item 220 – pergs 12ª , 13ª e 14ª; Cap. Cap. XX – Influência Moral do Médium, item 226- pergs 2ª e 3ª.

Resp.:  A mediunidade é uma oportunidade de crescimento espiritual. Sabemos que somos Espíritos imortais, numa experiência corpórea, e a mediunidade é possibilitada como instrumento de progresso nessa vida.

 

4.            Fixação do conteúdo:

Kardec colocou na primeira página: (colar no chat da sala virtual)

 


Espiritismo Experimental

OU

GUIA DOS MÉDIUNS E DOS EVOCADORES

 

Ensino especial dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os

meios de comunicação com o mundo invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as

dificuldades e os tropeços que se podem encontrar na prática do Espiritismo

 

constituindo o seguimento de O Livro dos Espíritos.

 

- é um guia para quem tem a mediunidade e também para os que vão interagir com os médiuns. Como somos todos médiuns intuitivos inconscientes, esse livro é para todos nós! Precisamos ler, estudar para compreendermos as leis que regem a comunicação entre os dois mundos: o material e o espiritual.

- essa foi a grande contribuição do Espiritismo para a humanidade: tirar os fenômenos do campo do maravilhoso e do sobrenatural. 

5.            Prece final 

Avaliação:

Encontro com 10 jovens com boa participação. Fizemos 5 duplas e disseram que já sabiam as respostas antes mesmo de ler as referências do LM.